Arquivo | Citations RSS feed for this section

Reflecting…

24 jul

 

“Shake off the “why’s” and the “what if’s” and rid yourself of confusion. Whatever was – is in the past. Whatever is? That’s what’s important. The past is a brief reflection, and the future is yet to be realized.”

“If you are depressed you are living in the past. If you are anxious you are living in the future. If you are at peace you are living in the present.”

“It’s not what’s happening to you now or what has happened in your past that determines who you become. Rather, it’s your decisions about what to focus on, what things mean to you, and what you’re going to do about them than will determine your ultimate destiny.”

Anúncios

All You Need Is Love

15 jul

Para qualquer problema a resposta é sempre o amor. Para qualquer desentendimento, a resposta é sempre o amor. Qualquer tempestade se torna uma chuvinha de verão se o amor estiver presente. A resposta é SEMPRE o amor.

Todos seres humanos têm defeitos. Cada pessoa está em um degrau a procura de evoluir e aprender algo (assim esperamos). Acho que o mais legal dessa vida é perceber essas diferenças como algo bom, como algo que pode agregar algo, à você ou à outra pessoa. Não há nada como aceitar as limitações de cada um e  deixar de julga-los por causa de diferenças de opinião ou de temperamento. A partir do momento que percebemos que ninguém é melhor que ninguém, e que estamos todos aqui com o mesmo objetivo, os relacionamentos se tornam muito mais fáceis. Inclusive aqueles com aquelas pessoas cricas, difíceis, geniosas…

“Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba; havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciências, passará. Agora, pois permanecem a fé, a esperança e o Amor. Porém o maior deste é o Amor.”
Corintios 13: 1-4-6-7-8-13

Coisa de família…

13 jul

As vezes eu penso como é engraçado a convivência de uma família. É engraçado ver como pessoas tão diferentes uma das outras, por mais que tenham discussões e desentendimentos, no fundo se dão bem e vivem feliz em harmonia. A minha família, por exemplo, sempre que vamos viajar é a mesma coisa. Um puta quebra-pau até a hora de sair para o aeroporto, o meu pai berrando que não vai esperar ninguém que não estiver no carro as 11:03:50 em ponto, se estressando à toa e estressando todo mundo com ele. A correria no aeroporto, check-in, mais stress, visita à livraria, mais stress na hora de passar na polícia federal, e antes de embarcar, uma massagenzinha relaxante que na realidade não relaxa nada. Durante a viagem, as vezes Murphy pega pesado e faz tudo dar errado: voos atrasados, malas perdidas, filas quilométricas (e lógico, justo a sua não anda!), just to name a few… Ou seja, mais stress. Stress, stress, stress. É difícil, né?

Não sei se eu tenho uma família muito estressada, mas é muito engraçado perceber que, no final do dia, quando todo o trama da viagem acaba, todo mundo acaba entrando em um clima de harmonia e esquece todas as discussões que aconteceram há poucas horas atrás. E aquele clima gostoso de família feliz e boas risadas volta rapidinho.

Em todo tipo de relacionamento existem diferenças e discussões, mas dentre todos eles, a família, que é geralmente o que mais convivemos, é ao mesmo tempo o mais difícil e o mais fácil de lidar. Engraçado, né? Será que é só comigo que é assim? Acho que é porque no final do dia, sabemos que queremos estar bem com as pessoas que amamos e que temos certeza que nos amam em retorno.

Dirty Dancing

7 jul

Um dos meus filmes preferidos…

“The steps aren’t enough– feel the music.” – Johnny

“Look, spaghetti arms. This is my dance space. This is your dance space. I don’t go into yours, you don’t go into mine. You gotta hold the frame.” -Johnny

“Me? I’m scared of everything. I’m scared of what I saw, I’m scared of what I did, of who I am, and most of all I’m scared of walking out of this room and never feeling the rest of my whole life the way I feel when I’m with you.” – Baby

“Now, you’ll hurt me if you don’t trust me, all right?” – Johnny

‎”Nobody puts Baby in a Corner!” – Johnny

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

 

She’s like the wind through my tree
She rides the night next to me
She leads me through moonlight
Only to burn me with the sun
She’s taken my heart
But she doesn’t know what she’s done

Feel her breath on my face
Her body close to me
Can’t look in her eyes
She’s out of my league
Just a fool to believe
I have anything she needs
She’s like the wind

I look in the mirror and all I see
Is a young old man with only a dream
Am I just fooling myself
That she’ll stop the pain
Living without her
I’d go insane

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

 

Now I’ve had the time of my life
No, I’ve never felt like this before
Yes I swear it’s the truth
And I owe it all to you

‘Cause I’ve had the time of my life
And I owe it all to you
I’ve been waiting for so long
Now I’ve finally found someone
To stand by me
We saw the writing on the wall
As we felt this magical fantasy

Now with passion in our eyes
There’s no way we could diguise it secretly
So we take each others hand
‘Cause we seem to understand the urgency

Just remember
You’re the one thing
I can’t get enough of
So I’ll tell you something
This could be love, because

I’ve had the time of my life
No I’ve never felt this way before
Yes I swear it’s the truth,
And I owe it all to you

Hey Baby

With my body and soul
I want you more than you’ll ever know
So we’ll just let it go,
don’t be afraid to lose control, no
Yes I know it’s on your mind,
when you say “Stay with me tonight”

Just remember
You’re the one thing
I can’t get enough of
So I’ll tell you something
This could be love, because

I’ve had the time of my life,
No, I’ve never felt this way before,
Yes I swear it’s the truth
And I owe it all to you
Cause I’ve had the time of my life
And I’ve searched through every open door
Till I found the truth
And I owe it all to you

Os Anjos Estão Zelando Por Todos Nós

31 mar

Uma mensagem de Doreen Virtue…

21 de Março de 2011.

“Se o mundo está acabando, eu deveria seguir em frente e mudar a minha vida e fazer tudo o que o meu coração deseja fazer agora?” O interlocutor do sexo feminino em meu programa de rádio era sincero quando ela me perguntou se ela deveria se concentrar em seus sonhos, se o mundo estava prestes a terminar.

Com o terremoto no Japão, o término do Calendário Maia no próximo ano e as mudanças da Terra no noticiário, é normal pensar em nossa mortalidade – individual e coletivamente. Na verdade, fazer isto é MUITO saudável!

Quando eu era estudante, eu fiz um curso de psicologia na faculdade, chamado “Sobre a Morte e Morrer”, que era o estudo das fases de tristeza de Elisabeth Kubler-Ross. Nós aprendemos como nos ajudarmos e aos outros a lidarmos com a perda. E como jornadas de pesquisas científicas, nós visitamos crematórios, casa funerárias e cemitérios.

Isto me levou a examinar os meus próprios medos e ansiedades sobre a morte. Estes medos, chamados de “angústia existencial”, são baseados em preocupações se a vida tem um significado e propósito, e se há uma vida após a morte, a reencarnação, ou apenas “nada” após a morte.

Eu percebi que estava adiando a busca dos meus sonhos, tais como escrever um livro, porque eu acreditava que isto aconteceria passivamente algum dia no futuro quando eu tivesse mais tempo. Após um exame mais minucioso, eu compreendi que acreditava que escreveria o meu livro quando me aposentasse do trabalho como uma idosa. Eu também intuí que eu estava tanto temerosa do sucesso, quanto do fracasso. Para evitar todos estes sentimentos, eu tinha deixado de trabalhar em meu livro e em outros sonhos.

Uma vez que eu compreendi isto, os meus medos diminuíram. Os medos diminuem sempre quando vocês os enfrentam. É por isto que o ego nos obriga a reprimir os medos com os hábitos.

Em dois anos, eu tinha escrito e publicado o meu primeiro livro. Após a formatura, quando eu comecei a trabalhar como terapeuta em transtornos alimentares, eu me concentrei em ajudar os meus clientes a enfrentar também os seus medos ocultos. A pergunta que eu fazia frequentemente aos meus clientes é a que eu gostaria de lhes fazer, também:

“Se vocês soubessem que tinham somente um curto período de tempo para viver, que mudanças fariam em sua vida?”

Meus pacientes responderiam com objetivos e desejos maravilhosos, tais como aprender a pilotar um avião; viajar mais, fazer um trabalho de caridade voluntário; tocar um instrumento musical; iniciar o seu próprio negócio e ter mais diversão e lazer.

Nós então examinaríamos as suas respostas e faríamos outra pergunta: “O que você está esperando?” Uma vez que eles começassem a trabalhar em seus sonhos, seus sintomas de ansiedade e depressão, diminuiriam ou desapareceriam.

Sim, o Calendário Maia termina em 2012. Sim, as tragédias no Japão e em outros locais que experienciam as mudanças estão intensas agora. Mas isto não significa que o mundo irá terminar. Os Anjos estiveram me mostrando visões do futuro da Terra desde que eu era uma garotinha… e o futuro é lindo. Eles me mostram um mundo paradisíaco, com pessoas pacíficas que colaboram uns com os outros.

Nós estamos passando por grandes mudanças no mundo, que culminarão em bênçãos para todos nós, coletivamente. E ainda que o mundo terminasse, como vocês gostariam de passar os seus últimos dias? Preocupados? Ansiosos? Com medo? Ou com grande alegria e felicidade?

Vocês foram criados por Deus e tudo o que Deus cria, é imortal e eterno. Sua alma é antiga e teve muitas experiências… e continuará a fazer isto. Ainda que o mundo físico terminasse,  VOCÊS continuariam a viver ininterruptamente… assim como os seus entes queridos.

Assim, vamos usar as ansiedades em relação ao mundo de forma benéfica:

Coloque as suas prioridades de frente e no centro em sua programação diária.

Dê a si mesmo permissão de perseguir os seus objetivos e viver os seus sonhos agora!

Converse muito com Deus, e ceda as suas preocupações a ELE pela cura e elevação.

Concentre-se em cuidar muito bem do meio ambiente.

Use palavras positivas e amorosas.

Envolva-se com pessoas gentis e positivas.

Abra o seu coração para tanto amor quanto possível. Ao final de sua vida, o que importará mais é a sua resposta a esta questão: “Quanto eu amei?”

Não deixe de viver os seus sonhos.

Não espere até que tenha mais dinheiro, tempo ou idéias para começar a trabalhar em suas prioridades.

Não dê ouvidos à negatividade em relação a si mesmo ou outros.

Aqui está uma prece para apoiá-lo:

“Amado Deus, obrigado por me segurar fortemente em seus braços amorosos, dando-me a força e a coragem para mudar a minha vida de maneira saudável. Por favor, guie-me com segurança e me mostre os sinais para me ajudar a saber qual é o meu próximo e melhor passo a dar. Obrigado por me enviar os seus anjos para me proteger e me guiar e a minha família.”

Bênçãos e paz para você e a sua família,

Doreen Virtue

Doreen Virtue – www.angeltherapy.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 

31 mar

“Eu vou esquecer de tudo, das dores do mundo, não quero saber quem fui mas sim quem sou. Eu vou esquecer de tudo, das dores do mundo. Só quero saber do Seu, do nosso amor.”

 

Sábio Fernando Pessoa

16 fev
“Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final.
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos que já se acabaram. As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas possam ir embora.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se. Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará. Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo – nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira.”
– Fernando Pessoa
♥     ♥     ♥     ♥     ♥    
Há verdade maior que essa?

Dr. Seuss

16 fev

On and on you will hike, And I know you’ll hike far
and face up to your problems whatever they are.

You’ll get mixed up of course, as you already know.
You’ll get mixed up with many strange birds as you go.

So be sure when you step.
Step with care and great tact
And remember that Life’s a great balancing act.

Just never forget to be dexterous and deft.
And never mix up your right foot with your left.

Clarice “Mestre” Lispector

9 fev

“Já escondi um amor com medo de perdê-lo, já perdi um amor por escondê-lo. Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos. Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso. Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos. Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem. Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram. Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir. Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi. Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto. Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir. Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam. Já tive crises de riso quando não podia. Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva. Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse. Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar. Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros. Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros. Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz. Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava. Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade… Já tive medo do escuro, hoje no escuro “me acho, me agacho, fico ali”. Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais. Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria. Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava. Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda. Já chamei pessoas próximas de “amigo” e descobri que não eram… Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim. Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre. Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração! Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente! Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para SEMPRE! Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes. Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos. Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer: – E daí? Eu adoro voar!”

— Clarice Lispector

27 jan

Acabei de encontrar um site super interessante que eu não sabia que existia!! O nome dele é “Difference Between” e nele você pode pesquisar a diferença entre qualquer coisa que você quiser. E é simples! Você escreve algo que você queira saber a diferença na homepage e clica search. O site procura e te mostra todos os resultados que possuam ao menos um dos termos da sua procura. Achei muito legal e super útil! Mas é em inglês!

http://www.differencebetween.net/

%d blogueiros gostam disto: